Hoje eu fui feliz

Hoje eu fui feliz

neve.jpg

Aproveite o presente, encontre prazer e alegria nas coisas simples, cultive a gratidão, permita-se ser feliz agora. As crianças dão trabalho, mas você irá sentir saudades da alegria delas no futuro. Seja feliz com seus filhos aqui e agora. Me diga, quem não escutou esse tipo de conselho? Eu já.

E eu acredito demais em tudo isso. Eu tento desviar dos encalços do cotidiano super estressante e me concentrar neste presente maravilhoso que eu tenho com os meus filhos e aproveitar. Mas, sinceramente, na maioria dos dias, eu estou tão cansada, está acontecendo tanta coisa ao mesmo tempo que sobra pouca energia para relaxar e ser feliz. Devo confessar que, no meu atual nível espiritual, a beleza das coisas simples que estão acontecendo agora passa quase sempre despercebida.

Mas hoje foi diferente. Fui levar minha filha na escolinha como faço todos os dias. Excepcionalmente meu filho menor não estava comigo, porque meu marido era quem iria levá-lo para a escolinha dos pequenos. Assim, hoje, diferente do que acontece normalmente, eu não tinha tanta pressa. Eu não estava super atrasada. O mundo não ia cair na minha cabeça se eu não batesse o tempo recorde entre levar duas crianças pequenas em escolinhas diferentes, em dois cantos da cidade e começasse a trabalhar em uma hora.

Quando eu saí de casa com a minha filha, estava um dia lindo de inverno: sol brilhando, céu azul sem nuvens e ainda por cima ontem tinha nevado. Estava tudo muito bonito mesmo. A neve fresquinha, cristalina por causa dos raios de sol que refletiam sobre ela. Quando neva, minha filha sempre quer ir de trenozinho para a escolinha. Mas nunca dá certo. Às vezes temos tempo, mas não tem neve suficiente. Às vezes tem neve, mas não tempo. Ou até tem neve, tem tempo, mas o irmãozinho fica com medo e se recusa a sentar no trenó. Enfim, um inverno inteiro se passou e quase nunca conseguimos. E hoje, quando eu abri a porta de casa, eu me dei conta que tínhamos tudo: sol, neve, tempo e estávamos só nós duas.

Voltamos para casa, pegamos o trenó e eu fui puxando minha filha até a escolinha. Eu ia correndo na frente, sentindo a neve fofa nas minhas pisadas, curtindo o cenário mágico do sol batendo na neve e, às vezes, eu olhava para trás só para ver a expressão de contentamento da minha filha. A felicidade de estar realizando um desejo de todo um inverno. Em algum momento, no meio do caminho entre a nossa casa e a escola, eu me peguei pensando - uau... eu estou agora sendo feliz. Naquela hora eu conseguir ver a grandeza dos momentos simples, a grandeza daquele momento simples. Eu, minha filha, nossas risadas, o sol, a neve.

Eu sei que eu nunca vou esquecer hoje, porque hoje eu fui feliz. Assim, feliz de verdade. Feliz como nós deveríamos ser muitas vezes e talvez até já sejamos muitas vezes, mas estamos com muita pressa para perceber.

 

 

 

Old friends pass away, new friends appear. It is just like the days. An old day passes, a new day arrives. The important thing is to make it meaningful- a meaningful friend or a meaningful day.
— Dalai Lama
O que não é legal em ter o segundo logo depois do primeiro

O que não é legal em ter o segundo logo depois do primeiro

A vida sem empregada

A vida sem empregada