10 dicas para mães ganharem tempo

10 dicas para mães ganharem tempo

Já falamos outras vezes aqui no blog que receita de bolo quando se trata de maternidade e vida familiar não é muito nossa especialidade. Nosso foco está mais nas nossas histórias, opiniões e experiências. Mas de vez em quando nos deparamos com algumas coisas tão legais que não resistimos. E como sabemos que praticamente todas as mães de crianças pequenas brigam contra o relógio, aqui estão 10 dicas para administrar melhor sua vida familiar e ganhar tempo (e fôlego).

  1. Faça o cardápio da semana. Esse é um ponto muito importante, principalmente para quem mora fora do Brasil ou não tem ajuda doméstica. A improvisação pode ser uma boa saída de vez em quando, mas se você não sabe o que vai ter na mesa nos próximos dias, irá inevitavelmente perder tempo fazendo diversas visitas ao supermercado para buscar o que está faltando. Ter um menu para semana, não só elimina as idas frequentes ao supermercado, como também faz a gente economizar. Se você fizer compras sem saber o que vai cozinhar, corre o risco de levar coisas que talvez não use nos próximos dias, que podem estragar ou encalhar na dispensa. Parar por uma meia hora, e de fato pensar sobre as refeições semanais, vai evitar que você tenha que se fazer a mesma pergunta todos os dias. Aqui neste link você encontra dicas de como e porque planejar o menu da família.
  2. Se empenhe em ensinar pequenas tarefas às crianças. Parece mais fácil fazer as coisas você mesma rapidinho do que delegar aos filhos, contudo, a longo prazo, dividir pequenos afazares com as crianças traz muitos beneficíos. Você não apenas irá contribuir para a auto-confiança deles, os tornando mais independentes, como eventualmente irá ganhar tempo. Imagina que bacana, poder gastar 10 minutos a mais se maquiando, por exemplo, enquanto seu filho de 4 anos se veste sozinho com a roupa que você deixou separada na cama. Comece com coisas pequenas como colocar os próprios sapatos, colocar a mesa, fazer um sanduíche e vá aumentando na medida que o seu filho for crescendo e estiver pronto para tarefas maiores. Em uma família, todo mundo tem que ajudar um pouquinho, por isso somos família, não é verdade?
  3.  Desenvolva um sistema para gerenciar a papelada. Quem aqui não tem uma mesa em casa cheia de papéis, documentos, circulares da escola? Empilhar papéis e adiar tarefas só faz você perder tempo. Tente se organizar e se manter organizada, isso vai liberar espaço na sua cabeça e fazer você ter certeza que não esqueceu que até dia 10 deste mês precisava ter devolvido a autorização para o passeio da escola assinada.
  4. Arrume tempo para você mesma. Claro que é mais fácil falar do que fazer. Mas é super importante. Você, obviamente, já reparou que consegue ser muito mais efetiva se estiver com as baterias recarregadas, certo? Se você está sempre caindo aos pedaços, vai gastar muito mais tempo com tudo do que se estivesse "operando" um pouco mais descansada. Relaxar ou ter um tempinho de lazer, não só te reenergiza, como também te dá a chance para pensar, ver as coisas de fora, com outra perspectiva. E isso é fundamental quando estamos gerenciando uma família. Faça um esforço extra: planeje sua semana, veja onde você pode estar gastando mal o (escasso) tempo e encaixe um tempinho para você.
  5. Não deixe as coisas para última hora. Deixar para resolver tudo no último minuto (e ficar apagando incêndios), fará você eventualmente perder mais tempo do que se tivesse se adiantado ou planejado. Tem muita coisa que dá para deixar organizado antes do dia começar. Pode parecer uma besteira, por exemplo, deixar a roupa separada que você e as crianças vão usar no dia seguinte. Mas às 6:00 da manhã, voce agradecerá a si mesma por não ter que pensar no que vestir. Sair correndo para comprar o presente de aniversário do amiguinho do seu filho também não parece muito inteligente, quando você poderia ter se planejado e feito isso já naquele dia que foi no shopping, não é verdade?
  6. Brinque com as crianças. Como uma lista de coisas para fazer que nunca acaba, a coisa mais fácil do mundo é esquecer do mais importante: se divertir com os filhos. Não deixe de programar um tempo para brincar também. Não só porque as crianças amam quando você senta e realmente está disponível para brincar, mas porque ter um momento de atenção integral a eles, alivia a consciência pesada. Se você regularmente tem um momento só para as crianças, conseguirá ser mais firme, quando chegar a hora de dizer: "agora, não, preciso trabalhar" ou "agora a mamãe vai preparar o jantar, ok?". É melhor sentar e brincar por um tempo, do que toda hora ser interrompida por uma criança carentinha.... Brinque e depois deixe claro que agora ele brinca sozinho.
  7. Rotina, rotina, rotina. Nem todo mundo é fã de rotina, mas é bem mais fácil gerenciar a vida com as crianças quando eles sabem direitinho o que espera por elas em cada momento do dia. Se todo o dia, depois da escola, tem banho por exemplo, não tem espaço para discussão é banho e pronto. A rotina é uma espécie de script de como levar o dia. Se você chega em casa com as crianças e não sabe se "chupa manga ou compra uma bicicleta", irá eventualmente perder o controle das coisas e perder tempo. Claro que ás vezes estamos tão cansadas que é impossível encarnar a "mamãe general", mas tenha em mente que um pouco de disciplina pode fazer muita coisa mais fácil.
  8. Mantenha uma lista de tarefas. Não esqueça da boa e velha "to do list".  Parece que está tudo na sua cabeça, mas convenhamos, é tanta coisa, em tantas áreas diferentes para lembar, que é claro que se você não tiver tudo anotado esquecerá de algumas coisas. No começo da semana, fazer uma lista de tudo que tem que ser feito, ajuda não só a lembrar, mas como também a agrupar tarefas. Se você quer umas dicas de como fazer uma lista que te ajude em vez de um bicho papão que te artomenta, veja esse vídeo aqui, curtinho e com uma boa argumentação de como fazer uma lista eficaz.
  9. Aceite e peça ajuda. Se você tem pessoas por perto, com quem pode contar, use sempre que der. Por mais que a gente gostaria de conseguir fazer tudo, não é possível. Para mães como nós, aqui do blog, que moramos longe da família, é fundamental criar uma rede de amigos e pais que nos resgatem de vez em quando. Claro que isso é uma via de mão dupla. Hoje eu pego a amiguinha da minha filha na escola, e a mãe dela pode ir no supermercado sozinha, amanhã ela pega minha filha e eu posso continuar naquela reunião que se extendeu até mais tarde.
  10. Converse com o seu marido. Parece óbivo, mas às vezes a gente acha que só porque sabemos muito bem o que estamos fazendo, nosso maridos também sabem. É bom bater as agendas, as listas de tarefas e ver se vocês juntos conseguem se organizar melhor e se ajudar. Você precisa trocar um presente e a loja fica do lado do trabalho dele? Bom, então ele pode almoçar ali por perto e fazer a troca por você. Essa semana as coisas no trabalho estão complicadas para você? Ele pode sair mais cedo? As coisas funcionam muito melhor se vocês são um time ao invés de cada um ficar jogando por si.

E você? Conte para nós o seu segredo para fazer as coisas fluirem melhor! Inspiração na luta contra o relógio nunca é demais...

 

O texto acima é uma adaptação livre da lista 10 Time Management Tips for Parents do blog Planning with Kids.  Vale a pena também conferir o blog que tem essas e muitas outras dicas de como planejar melhor a vida familiar.

A piscina proibida para babás

A piscina proibida para babás

Quando as amigas te abandonam

Quando as amigas te abandonam