Colocar as crianças cedo na cama é bom para elas e para o seu equilíbrio mental

Colocar as crianças cedo na cama é bom para elas e para o seu equilíbrio mental

Nós todos sabemos que as crianças precisam de uma boa noite de sono, mas uma nova pesquisa apresentada recentemente em uma conferência realizada pela Australasian Sleep Association, em Melbourne, na Australia, concluiu que fazer as crianças dormirem mais cedo, antes de oito e meia da noite, é também um elemento-chave para uma vida familiar feliz. Filho dormindo mais cedo significa que os pais têm mais horas para se cuidar, para colocar em dia coisas atrasadas e para passar um tempo sozinho como casal. Além disso, se os filhos vão cedo para cama,  os próprios pais podem também ir mais cedo para cama, o que é fundamental para que possam desempenhar suas funções bem no dia seguinte. 

"Esta é uma informação valiosa para os pais, muitos deles sabem que sono é importante, mas não se dão conta do enorme significado do sono para a vida familiar" disse o pesquisador Dr. Jon Quach do Murdoch Children’s Research Institute e da Universidade de Melbourne. O estudo incluiu 3.600 crianças australianas durante os primeiros nove anos de vida. Os resultados mostraram que as mães de crianças que foram para a cama antes das oito e meia da noite tiveram melhor saúde mental do que mães de crianças que dormiam mais tarde. "Esses benefícios foram observados em todas as crianças que foram para a cama mais cedo, independentemente se elas acordaram cedo ou dormiram até mais tarde", disse Quach.

De acordo com o estudo, crianças que dormiam até antes das 8:30h da noite eram mais saudáveis. "Para bebês e crianças, quanto mais você conseguir ajustá-los ao seu relógio biológico natural, mais fácil será para eles adormecerem", diz Conner Herman, fundadora do Dream Team Baby, uma consultoria sobre o sono de bebês com sede em Nova York. "Se você manter uma criança acordad até tarde, você limita a sua capacidade de dormir o quanto ela precisa. Claro que ela pode ficar até 9:30h da noite acordada, mas ela provavelmente não vai poder dormir até 9:30h da manhã na maioria dos dias “, avalia a especialista.

Herman observa que, quando as crianças dormem tarde, os pais acabam indo dormir mais tarde também, já que querem aproveitar os momentos de tranquilidade que tem sem as crianças. Desta forma, o horário que as crianças vão para cama acaba impactando o sono dos pais. "O sono REM nos ajuda a processar nossos dias e, em seguida, o sono profundo restaura o equilíbrio do nosso corpo", diz Herman. "Não há nenhum substituto para o sono, e se você não está recebendo o suficiente, você não vai conseguir ter uma mente clara durante o dia."

Mas o que dizer sobre os pais que têm que trabalhar até tarde e esperam conseguir um pouco de tempo com seus filhos quando chegam em casa? "Há uma solução para cada desafio, se você pensar de forma criativa", diz Herman, que aconselha seus clientes a reconsiderarem as tarefas do final do dia:  "Não é sempre que você vai ter reuniões até tarde ou vai precisar ficar no escritório resolvendo coisas. Então, por que não voltar para casa mais cedo para poder ter uma convivência harmoniosa com os filhos, colocá-los para dormir cedo e, em seguida enviar e-mails de trabalho ou terminar de ler a papelada em uma casa tranquila?”, sugere Herman.

Se você realmente não pode chegar em casa antes, para fazer as crianças dormirem mais cedo, talvez consiga transferir  o tempo em família para a parte da manhã, sugere Hermann: "Sim, eu sei, a noite é mais descontraída e intimista, enquanto as manhãs são agitadas e cheias de logística, mas se não há outra maneira", diz ela.  O importante é que você tenha em mente que o sono é peça chave para a felicidade e o bem estar da família, e aqui não estamos falando apenas do sono das crianças. Estamos falando do seu sono também.

Este texto é uma tradução livre da publicação americana "Happy Moms Put Their Kids to Bed Earlier" , de Melissa Walker.

7 perguntas para o pediatra Daniel Becker: "Seu filho deve aprender que não é o centro do mundo"

7 perguntas para o pediatra Daniel Becker: "Seu filho deve aprender que não é o centro do mundo"

 Pai, eles vão me chamar de vadia

Pai, eles vão me chamar de vadia