A creche que deu um puxão de orelha nos pais viciados em celular

A creche que deu um puxão de orelha nos pais viciados em celular

Foto: Facebook Juliana Farris Mazurkewicz

Foto: Facebook Juliana Farris Mazurkewicz

O recado pregado na porta de uma creche no Texas deu o que falar no Facebook. O aviso foi curto, direto e bastante constrangedor: um super puxão de orelha nos pais que não prestam atenção nos filhos na hora de buscá-los na escolinha (e provavelmente depois de terem passado o dia inteiro sem vê-los).  Aqui a tradução do pedido da escola:

Você está buscando sua criança! Deixe seu telefone!!!! Sua criança está feliz por ver você! Você está feliz em ver sua criança?? Nós temos visto crianças tentando dar a mão para seus pais depois que eles terminam o trabalho mas os pais estão no telefone. Nós temos ouvido a criança dizer "Mamãe, mamãe, mamãe..." e a mãe está dando atenção ao telefone e não a seu filho. Isto é assustador. Deixe seu telefone de lado!!

Juliana Farris Mazurkewicz foi a mãe que decidiu compartilhar a foto do aviso. Apesar do nome ela é americana e gentilmente nos autorizou a publicar no blog a imagem que ela fez. O post teve milhares de compartilhamentos e, obviamente, milhares de comentários. A maioria achando mesmo que a situação é absurda e que cada vez mais as pessoas estão viciadas no celular. A discussão foi longe, com várias mães narrando histórias e mais histórias de omissão de pai e mãe que não desgrudam do celular por nada. "Se você acompanhar a prática de algum esporte de criança, vai ver mãe que nem olha quando o filho cai e chora porque está absorvida no celular", diz Brenda Van Scoten. 

Mas teve quem reclamou que ninguém tem o direito de dizer como um pai ou uma mãe deve se comportar com um filho. "Cuide de si mesmo antes de ficar julgando os outros... Eu amo muito o meu filho e ninguém tem o direito de me julgar só por causa do meu celular", reclamou outra mãe, Lydia Ortega.

Um outro comentário lembrava que as crianças da creche passam até 10 horas longe dos pais e é triste não existir a atenção no momento em que as crianças estão tão ansiosas para vê-los. Outro dizia ainda que muito provavelmente o recado não fez efeito porque quem está grudado no celular, se não vê nem o filho, não vai perceber o aviso. E você? O que achou dessa história? A escola exagerou ou fez bem?

Para tirar a fralda: não existe milagre, existe paciência.

Para tirar a fralda: não existe milagre, existe paciência.

"Se a nota não for a esperada, elogie o esforço", diz especialista em educação.

"Se a nota não for a esperada, elogie o esforço", diz especialista em educação.