Quando a própria família é a atração da festa de aniversário infantil

Quando a própria família é a atração da festa de aniversário infantil

 Arquivo de família

 Arquivo de família

O que fazer para a festinha do filho ou da filha ter uma atração em conta e única? Envolver os “artistas" da família, claro! O pré-requisito é que a família seja das mais animadas e não tenha vergonha nenhuma de “pagar mico” ou seja lá o que pensem a respeito. Na verdade, a festa acaba sendo pra todos, incluindo quem “trabalha” nela para divertir os convidados. 

Mas o mais incrível de tudo: a felicidade indescritível do aniversariante ou da aniversariante. Helena completou 4 anos. E ficou deslumbrada com o que prepararam pra ela. Fã dos personagens dos Contos de Fada, eles estavam todos lá: Sininho, Cinderela, Branca de Neve, Alice, Aurora, Bela, Chapeuzinho Vermelho e o príncipe… Ou melhor: a avó, 3 tias-avós, 3 tias e o pai. Foi tudo absolutamente surpresa para Helena, que dançou um pouco com cada um deles. As coreografias foram super ensaiadas, mas foi fácil para uma família de bailarinas clássicas. Erika, namorada do pai, ajudou bastante já que é artista plástica e tem um grupo de teatro. 

“O tempo todo na festinha, ela só nos chamava pelo nome das personagens. Foi incrível”, conta a tia-avó mais animada de todas, Silvia Guimarães. Ela saiu pesquisando os preços dos aluguéis das fantasias e se esforçou para arranjar todos os acessórios necessários. “Eu sou empolgada mesmo, marquei até salão pra fazer o penteado da Cinderela. Quando colocamos as fantasias não queríamos mais tirar”, ri Silvia. 

O custo da festa dos sonhos de Helena (vestida de Elena de Avalor) ficou bem em conta. Tudo “caseiro” mas especial. Cada tia bancou com cerca de 80 reais o aluguel da própria fantasia e compraram um presente coletivo para a aniversariante. O pai, que se vestiu de príncipe, providenciou crepes, a avó (de Sininho!) bancou os doces e o bolo. O padrinho foi o encarregado de selecionar a trilha musical das princesas e soltar o som na hora certa. 

Arquivo de família

Arquivo de família

Por coincidência, no mesmo dia que Helena juntava lindas memórias que, com certeza, vai lembrar para a vida toda, na casa de Guilherme Galvão rolava o melhor cover dos “Jackson Five”  de todos os tempos. Guilherme completou 9 anos, também com uma super festinha caseira preparada pela família. “Uma família de gaiatos”, diz a tia de Guilherme, Alessandra Roscoe. Foram três dias para o pai de Guilherme, três tios e o próprio aniversariante ensaiarem várias coreografias da família de Michael Jackson. 

A avó de Guilherme, Telma Galvão, costurou as fantasias do grupo. Só foi preciso alugar as perucas. Um dos primos, Felipe Roscoe, de 14 anos, foi o DJ. Outra prima, Jordana Roscoe, de 17 anos, foi a coreógrafa. “As performances da minha família são históricas. Mas estamos sempre nos superando”, diz a tia Alessandra. A platéia vibrou como se estivesse num show de profissionais e o aniversariante se sentiu um popstar. 

Claro que a gente não quer acabar com o mercado de animação de festa infantil... Mas se você tem gente em casa disposta a alegrar a festa esta é uma excelente solução de baixo orçamento. Além disso, família que comemora e se diverte unida, permanece unida!

 

Fabiana Santos é jornalista, mora em Washington-DC e é mãe de Felipe, de 12 anos, e de Alice, de 5 anos. Ela se lembra de um aniversário da irmã, quando Michael Jackson estava no auge e um primo apareceu surpreendendo com uma luva prateada e coreografia inesquecível. 

O que eu não sabia sobre amamentação: a perspectiva do homem

O que eu não sabia sobre amamentação: a perspectiva do homem

"Trabalhar de casa pode ser o emprego dos sonhos de muitas mães", diz um especialista no assunto.

"Trabalhar de casa pode ser o emprego dos sonhos de muitas mães", diz um especialista no assunto.