18 manias que só as mães entendem

18 manias que só as mães entendem

Não somos malucas. Temos apenas algumas esquisitices que estão dentro da conta da maternidade. O que nos consola? Saber que isso tudo também constrói lindas memórias e que rir de nós mesmas é sempre o melhor remédio.

1. Falar naturalmente para quem não interessa, incluindo o funcionário da mercearia, sobre a consistência do cocô do filho pela manhã;

2. Imitar as vozes dos desenhos animados para o filho (e até mesmo na ausência deste). 

3. Fazer movimentos e ruídos esdrúxulos para tentar convencer a criança a sorrir para uma foto.

4. Viajar levando praticamente um container com aquilo que você tem certeza de que não vai encontrar fora de casa ou então que você jura que seu filho vai sentir muita falta. Tipo: a coleção completa de louça e talher infantil da cozinha. 

5. Compras online e promoções de 50%, incluindo buscar no fundo da loja, as roupas com preços remarcados. Fala sério: que criança precisa seguir "a última coleção"? 

6. Projetos de artesanato infelizes que emocionam os pequenos por 30 segundos, mas que te deixam profundamente exausta justamente pela falta de habilidade.

7. Blogs maternos (claro!…. hahaha… legislando aqui em causa própria).

8. Se divertir com as histórias “calientes” das amigas solteiras e sonhar um pouquinho estar no lugar delas. 

9. Comparar mentalmente seu jeito de criar os filhos com o dos outros, para melhor ou pior.

10. Se fingir de lerda quando o filho fala algo inconveniente ou constrangedor na frente de outras pessoas (especialmente em elevadores).

11. Oferecer contar sobre o parto dos filhos para mulheres grávidas inocentes.

12. Ficar se balançando de um lado para o outro, ao ritmo de "colocar o bebê para dormir".

13. Procurar madrugada a fora tirar dúvidas mirabolantes de saúde no Dr. Google.

14. Usar a própria saliva na mão para limpar algo do rosto do filho, quando não há nenhum lenço ou água por perto.

15. Comer doces no banheiro pra não ter que compartilhar.

16. Confundir e chamar um filho (ou filha) pelo nome do seu irmão (ou irmã), principalmente se ele é o irmão (ou irmã) que você tomou conta sendo mais velha. 

17. Ouvir as vozes dos filhos dentro de casa, mesmo eles tendo saído com o pai. 

18. Ficar igual uma barata tonta, quando há tempo livre longe das crianças.

Esta lista foi inspirada na publicação em inglês: 31 Strange Addictions Only Moms Understand.

Uma opção de maternidade: congelar óvulos para ter filho depois

Uma opção de maternidade: congelar óvulos para ter filho depois

Leite materno: a gota salva vidas de prematuros

Leite materno: a gota salva vidas de prematuros