A nova definição sobre "sogra intrometida" foi atualizada: você precisa ler esta história!

A nova definição sobre "sogra intrometida" foi atualizada: você precisa ler esta história!

Que situação! Uma mulher casada há seis anos, engravidou do primeiro neto da família. Ela e o marido, de comum acordo, fizeram questão de deixar para saber o sexo do bebê somente depois do nascimento. Nada de “chá de revelação”. Queriam muito manter a surpresa até o final. Mas a sogra dela não se conformou com a decisão do casal e ficou obcecada para saber se ganharia um neto ou uma neta. 

"Minha sogra estava enlouquecida com nossa decisão, mesmo com a minha tentativa de acalmá-la escolhendo o obstetra que ela sugeriu e permitindo que ela participasse de algumas de minhas consultas pré-natais. Ela continuou reclamando de querer saber o sexo do bebê em todas as oportunidades”, explicou a nora.

A mãe sempre deixou bem claro para o seu médico e para a equipe dele que eles não queriam saber o sexo do bebê. Mas eis que depois de uma ultrassonografia, em que a sogra estava presente, ela notou que a mãe do marido ficou mais feliz do que o normal. Dias depois ela descobriu o porquê: 

“Eu começei a receber mensagens de membros da família me parabenizando por eu estar grávida de uma menina!”, diz a mãe da criança. Pois então: a sogra conseguiu a informação que tanto desejava com o técnico de ultrassom, que era amigo dela, e saiu anunciando para t-o-d-o-s!.

A mãe, indignada, diz que trocou de médico e ameaçou a clínica com ações legais por violar sua privacidade. O marido também não gostou de jeito nenhum do que a mãe dele foi capaz de fazer. Agora, ela planeja barrar a avó do hospital durante o nascimento e deixar claro que ela não é bem-vinda para visitar o bebê.

Esta história foi mandada para a editora da revista Slate pela própria grávida, que pedia conselhos. A editora respondeu assegurando à futura mãe que sua raiva era justificada e que ela tinha sido correta ao mudar de médico e dar um certo tempo com a sogra. Afinal: por que essa sogra pelo menos não guardou a tão almejada informação somente para ela mesma?

Muitos leitores, no entanto, ficaram mais do que inconformados em nome da mãe e muitos sugeriram que ela deveria tomar medidas legais não só contra o consultório do médico mas também contra a própria sogra por violação de privacidade. Outros aconselharam-na a pedir na Justiça uma ordem de restrição contra a sogra.

Embora a posição de muitos leitores tenha sido de radicalizar fazendo a sogra ficar bem distante, a editora da revista concluiu na sua resposta à carta da mãe aflita que esse episódio apesar de bem chato não pode de jeito nenhum atrapalhar a felicidade do nascimento da filha. Ela considera que o casal precisa exigir um pedido de desculpas por parte da avó e ela precisa reconhecer que seus desejos não podem se sobrepor ao dos outros, no caso, dos pais da criança. Ela até aconselhou que após o nascimento, a mãe autorize visitas curtas da sogra para sentir como ela se comporta. E você? O que você faria com uma sogra assim?

Leite materno é o melhor, mas e se ele não é suficiente?

Leite materno é o melhor, mas e se ele não é suficiente?

E quando seu filho acha que você não fala bem a "outra língua"?

E quando seu filho acha que você não fala bem a "outra língua"?