O trabalho invisível das mães

Uma casa bem cuidada e crianças felizes não acontecem em um passe de mágica. Na verdade, nos bastidores, para que tudo dê certo, tem alguém fazendo milhões de mini funções invisíveis para o grande público, e na maioria das vezes essa pessoa é você, a mãe.

Feliz dia das zumbis!

Depois que a gente tem filho, o sono também não é mais aquele original, de fábrica. É um sono meio ching ling. Você até dorme. Mas é com um olho só. O outro está sempre meio aberto, para o caso de um pesadelo, alguém cair da cama, ser atacado pelo mosquito da zyka ou chegar tarde da balada. Não importa. A sensação é que depois que somos mães, o cérebro nunca mais desliga.