All in maternidade

7 perguntas para a escritora Nalu Saad: sobre um livro infantil para lidar com o câncer

É uma história feliz porque os personagens transformam o hospital numa extensão de seus quartos. Isso acontece na realidade. As crianças brincam e fazem amigos pelos corredores, as famílias dividem experiências e levam essa amizade além do hospital. Mais do que espantar o medo, a história tem como proposta mostrar que pode ter medo, mas tem que falar a respeito. Falando fica mais fácil e mais leve.

Minha filha com TDAH: eu vejo nela um poder secreto que vai além das habilidades convencionais

Minha filha mais velha nunca fica satisfeita. Ela anda sempre em êxtase. Ela nunca está preocupada, ela entra em pânico. Ela vive completamente cada momento, concentrando-se apenas no que a interessa naquela hora. Ela tem dificuldade em ficar quieta e prestar atenção na professora ou num programa de TV. Quando uma idéia aparece em sua cabeça, ela imediatamente quer colocá-la em prática.